12 de mar de 2010

Momento mulherzinha

      Aproveitando que ainda estamos na semana da mulher (semana? não era dia? e alguém aí disse mês??) vou aproveitar a desculpa para falar de uma das mulheres mais famosas do mundo, que mesmo aos 50 anos continua com corpinho de 20, tem um dos guarda-roupas mais invejados, e uma coleção de sapatos inacreditável. Com vocês, a Barbie!

    Vocês devem estar se perguntando o que a Barbie tem a ver com fotografia. Será porque ela já homenageou nossa profissão? Ou porque ela tem uma linha da câmeras fotográficas? Ou porque ela é uma das "personalidades" mais fotografadas da história, um ícone de moda? Ou porque todos querem ser a Barbie (inclusive Angelina Jolie)?




    Não, além de tudo isso, o meu post é por causa do livro lançado por Christian Louboutin, famoso designer de sapatos, onde ele aparece contracenando em fotos com a nossa loira. O livro se chama "My year in Paris" e conta com fotografias imaginárias/realistas da boneca mais fashion do mundo em trajes impecáveis e sapatos mais ainda. Bobinho, eu sei, mas divertido! Além disso o dia está feio, frio, e eu não estou com cabeça pra ser "cult". Quero o conforto da infância...




























     Além disso, porque eu acho que num blog fotográfico "sério" (a gente tenta!) seria demais 2 post sobre a Barbie, vou aproveitar esa oportunidade para mostrar uma provinha do editorial em que ela participou com um Ken de verdade, o modelo Baptiste Giacobini, fotografado por ninguém menos que Karl Lagerfeld!







    Tá com tudo, hein? 

P.S.: Coisa feia, não botei os créditos das fotos, mas esse é o mal da internet, as imagens se difuminam e o autor fica no esquecimento... vou buscar e logo posto aqui! 

10 de mar de 2010

Um inovador e refrescante olhar sobre as mulheres

     Uma homenagem levemente atrasada ao dia da mulher... Outro dia estava lendo a Elle espanha e me deparei com uma fotógrafa sensacional. A Elle daqui é muito boa, sempre traz muitas reportagens sobre arte, cultura, viagens, e ainda custa barato (EUR 1,90 ! Por quê as revistas -e os livros- são tão caros no Brasil???). Virei fã, compro todo mês e vou ter que fazer espaço na mala, porque elas com certeza embarcarão comigo para o Brasil.
     Bom, essa fotógrafa canadense radicada em Roma se chama Sheila McKinnon e depois de se formar em história da arte e desenho começou a trabalhar com fotografia de moda. Em 1996 um trabalho a levou a ter contato com o que viria a se tornar sua verdadeira paixão e ponto forte de seu trabalho, diferenciando-a dos demais: captar a vida nos países pobres. Daí surgiu uma exposição itinerante na Itália que atualmente se encontra em Munique - espero que venha para Barcelona!
     O que me impressionou no trabalho de Sheila foi seu olhar sobre essas mulheres que vivem em condições precárias, sob um regime machista e castrador, sem muitas opções na vida a não ser viver o que se espera delas. São as chamadas "Mulheres Invisíveis , que apesar de terem uma vida muito pobre e podada, programada de antemão e controladas pelos homens, sem direito sequer à educação, ainda assim possuem uma energia poderosíssima, uma grande determinação em conseguir sustento, alimentar seus filhos y cuidar dos demais ", diz a fotógrafa. É essa energia, essa beleza que toda mulher tem, não importa a raça, classe ou cultura, que Sheila capta com maestria através de suas lentes. Suas fotos são frescas, alegres, extremamente coloridas e vivas. Ela não mostra a pobreza, a tristeza, a frustração, a injustiça que sempre encontramos quando nos deparamos com fotos desse tema, e sim aquele lado mais especial que essas mulheres possuem, seu valor como ser humano, sua garra, sua beleza toda especial. 
      Posto aqui algumas imagens dessa sensacional mulher, que conseguiu através de suas fotos um ponto de vista tão agradavelmente inovador e pouco visto de um tema tão fotografado. 













(essa é uma das que mais gosto...)

         Site da fotógrafa, imprecindível uma visita:  http://www.sheilamckinnon.com/

      Feliz dia das mulheres para todas nós, sexo "frágil" (quem diz isso nunca aguentou uma cólica menstrual!!!) 

3 de mar de 2010

Milão parte 2 - Tim Walker !!!

      Eu sempre adorei o trabalho do fotógrafo de moda inglês Tim Walker ( http://www.timwalkerphotography.com/ ), figurinha carimbada e habitué dos editoriais da Vogue e dono de um estilo surrealista que mistura fantasia e cenas improváveis com alta moda. E pra mim o fato de uma pessoa aos 25 anos de idade fotografar seu primeiro editorial Vogue, além de trabalhar com Richard Avedon, me dá mais do que motivos pra se tornar uma grande inspiração para mim. Sim, estou "rasgando seda" mas acho que o talento tem que ser reconhecido, e quem ainda não tinha ouvido falar dele, não perca essa chance agora.
     Pois bem, fiquei feliz da vida ao ver que enquanto eu ia estar em Milão estava tendo uma exposição dele em uma galeria de arte, e o melhor, essa era de graça! Óbvio que se tornou uma das paradas mais importantes do meu roteiro. E lá me fui.
     A exposição era na Galleria Carla Sozzani, que fica dentro do 10 Corso Como, um lugar sensacional e dos que mais gostei em Milão. O Corso Como é uma rua, tipo um calçadão, porque é fechada para carros, cheia de lojas legais e restaurantes de ambos os lados, e um dos points da noite de Milão para o pessoal mais "in". Mas o melhor fica no número 10, um antigo prédio industrial hoje transformado num espaço multi-funções que conta com galeria de arte, livraria (voltada à arquitetura, arte, moda e fotografia e que dá vontade de comprar tudo), loja de moda e design, um café/restaurante lindo de morrer com um pátio interno maravilhoso e ainda um hotel super exclusivo. Lá eles aplicam a filosofia "slow shopping" que basicamente é esquecer da vida e perder-se entre as estantes, araras, prateleiras, enquanto toma um café, depois de olhar uma das tantas exposições de alta qualidade que passam por lá. Tudo isso num ambiente integrado no qual se passa de um espaço a outro sem nem se dar conta. Porto Alegre carece de lugares assim, isso é certo... Mas deixando o lado arquiteta de lado e voltando ao Tim Walker, que por sinal segue exposto lá até dia 7 de março, se estiver por lá não perca! 
     Sua mostra começava com a pessoa sendo recepcionada pelo esqueleto gigante e muy simpático da foto abaixo... Isso porque além de fotos o visitante podia ver objetos usados em seus trabalhos, e -devo dizer- eram objetos muito doidos, quem pensa em usar isso numa foto de moda?


"Bem vindos, hahahaha!!!"

     Além do nosso amigo havia também caracóis, que parecem estar muito na moda em Milão no momento (depois mostro o por quê) e não digo como comida... 




     É legal ver de onde surge a inspiração do fotógrafo para as fotos, ainda mais quando estamos falando de trabalhos tão criativos e elaborados como os de Tim Walker, que faz questão de realmente criar os cenários fantásticos de suas fotos e não só usar o photoshop pra isso... Na foto acima temos anotações, imagens de referências, provas de fotos, etc. Um lado bem pessoal de seu trabalho!



Gatos coloridos? Sim, da série "animais pastéis", já vi uma foto que ele fez isso com pombas também... só espero que não vire moda, pobres bichinhos!



"Hasta la vista, baby!!!"

     Uma amostrinha da livraria-delícia que fica ao lado da galeria...


    E, como eu prometí, a razão pela qual os caracóis devem estar na moda em Milão... (minha mãe teria um ataque, o que eu tenho de pavor de barata ela tem de lesmas...)

Fotos da praça na frente do famoso Teatro Scala