11 de fev de 2011

Fotos minhas - Figueres, Espanha.

     Coisa rara, hoje não vou mostrar fotos dos outros, e sim fotos minhas. Inéditas. Eu sei que o blog é meu, e não tem problema nenhum em mostrar nele o meu trabalho, aliás, mais do que esperado e normal, mas não sei porque eu acabo não me sentindo muito à vontade de usá-lo em favor próprio. Talvez porque esse não seja o propósito dele, começou como um modo de fazer a ligação entre o mundo da fotografia em Poa e o mundo da fotografia em Barcelona. Mas infelizmente não estou mais na Espanha, uma lástima mesmo, porque eu nunca fui tão feliz quanto quando morei fora, então tenho que usar esse espaço pra outras coisas.

   Essas fotos que vou mostrar tirei em Figueres, cidade ao norte de Barcelona, no município de Girona, e terra de Salvador Dalí. A cidade é basicamente conhecida por ser a sede do Teatro-Museu Dalí, que é uma coisa de louco, literalmente, um prédio projetado pelo próprio Dalí e adornado por ovos (ovos!?!) gigantes. Eu nunca fui fã de Dalí e do surrealismo, admito, até conhecer o museu, que é um espetáculo à parte, e suas obras. Mas melhor ainda e imperdível é a discreta entradinha na esquina do prédio, que passa quase despercebida, e leva ao Museu de Jóias de Dalí. Sim, o que quase ninguém sabe é que ele também fazia jóias, loucas e sensacionais, lindas e impressionantes, algumas que até se mexiam, movidas por um minúsculo motorzinho dentro.

   Ficaram com água na boca? Pois agora vão querer me matar. As fotos que vou mostrar agora não são de Dalí nem do museu nem das jóias. Em Figueres, bem menos frequentado e famoso, tem uma enorme fortaleza já quase em ruínas, chamada Castell de San Ferrán (ou Castelo de São Fernando), construído em 1743 e o maior monumento da Cataluña, com 5,6 km de extensão, sendo um dos complexos fortificados mais notáveis do mundo (disse a Wikipedia). Mas dados históricos à parte, consegui fotos muito bonitas nesse lugar, decadente mas ainda imponente, com suas memórias de batalhas e ocupações, revoltas e guerras. Além disso fizemos um piquenique em seus campos, sob o sol de inverno, que entrou para aquelas memórias de um momento perfeito, com um gostinho de infância e vida no campo, ou algo de outras vidas, quando o costume do piquenique era algo corriqueiro e um acontecimento social.

   Sempre lembrando, que clicando nas fotos elas abrem bem grandes! E prometo então em breve botar algumas fotos relacionadas a Dalí, o gênio-doido! Espero que gostem!!! :)




















     E só pra provar que eu estava lá mesmo... rsrsrs....

Ainda margeando a fortaleza

Com a Ana e o Arthur antes de começarmos o piquenique!

Nas antigas baias dos cavalos do exército (lindas!!!)
Castell de San Ferrán visto de cima (foto da foto, não pude sobrevoar de helicóptero, infelizmente!)


   Hasta pronto!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário